Marchas de Carro: Como Cambiar Corretamente


Marchas de Carro

Mudança de marcha do carro: como reduzir e mudar de marcha adequadamente (e por quê)!

Depois de tirar a carteira de habilitação, a troca e a redução de marchas é uma prática, quase que, perfeitamente adquirida por todos os motoristas. Mas neste artigo ainda queremos reiterar melhor como fazer as marchas de carro sem erros!

Continue lendo para descobrir como mudar e reduzir as marchas de carro para dirigir corretamente…

Mudança De Marchas De Carro: Como Fazer Corretamente

Você sabe como usar a caixa de câmbio corretamente? Não é difícil, basta aprender os passos corretos e o uso do chamado “freio motor”: ele permite diminuir a velocidade sem usar sempre apenas o pedal do freio.

Mas vamos em ordem. Nos carros equipados com caixa manual existem (normalmente) pelo menos 5 marchas, e com certeza você já sabe que a primeira deve ser utilizada exclusivamente para dar a partida, ou em qualquer caso para estacionar e manobrar em velocidades mínimas.

A segunda, por outro lado, deve ser inserida ao aumentar a velocidade, até a quinta (ou sexta): a indicação geral é manter o número de rotações sob controle e aumentar a marcha toda vez que o motor atingir cerca de 2.000 Rpm.

Descrito de forma simplificada, esse é o procedimento padrão para aumentar a velocidade: mas como diminuir a velocidade usando a caixa de câmbio? Tudo o que você precisa fazer é reduzir: veja como…

Mudança De Marcha: Como Reduzir A Marcha

Depois que o carro ganhou velocidade e você precisa diminuir essa velocidade, existem 2 soluções:

  • Usando o pedal do freio
  • Engrenagens de redução

Reduzir a velocidade durante a redução preserva as pastilhas de freio e todo o sistema de freio e é especialmente útil em longas descidas de montanhas ou em tráfego pesado.

Além disso, a redução de marcha também é muito útil antes de enfrentar uma subida, de modo a ter o Rpm do motor suficiente para enfrentá-la sem perder muita potência.

Mas como desacelerar adequadamente reduzindo a marcha? Fácil. Comece com a marcha em que você está, pressione totalmente a embreagem sem frear ou acelerar e reduza a marcha, ou seja, mude para a que está logo abaixo da sua. Nesse ponto, se você soltar a embreagem, o carro ficará lento: continue se precisar diminuir ainda mais a velocidade.

Pronto, você usou o freio motor: mas preste atenção em algumas coisas importantes!

Mudança De Marchas De Carro: Noções Para Lembrar

Nunca reduza 2 marchas diretamente (e nunca suba 2 marchas), a menos que esteja interessado no motor e no desempenho do seu carro. O risco, especialmente em altas rotações, é de quebrar o motor.

É importante saber também que é preciso subir antes da curva, da descida ou da subida, para se preparar para a entrada, e nunca fazê-lo durante a execução. Para não perder a estabilidade, o que normalmente acontece na travagem.

Lembre-se que, como já dissemos, optar por reduzir a marcha equivale a aproveitar o chamado freio motor. Porém, nos carros modernos (equipados com acelerador eletrônico) você terá uma resposta menor e diferente dos mais antigos.

Confira Também:

Agora que você entendeu melhor como funcionam as marchas de carro, continue acompanhando nossas outras dicas e informações sobre a área automotiva!