Motor de Carro: Entenda Como Funciona Agora!

O motor de um carro é um mecanismo complexo e formado por muitas peças, cada uma das quais desempenha uma função específica e são necessárias para o bom funcionamento do sistema.

Um elemento escondido embaixo do capô, mas essencial para o funcionamento de um automóvel. O motor de carro é um mecanismo complexo que necessita de cuidados e atenção para durar muito tempo. Então, vamos descobrir agora como o motor funciona:

Qual o básico sobre o motor de um carro?

O motor é aquele componente capaz de transformar a energia da queima do combustível utilizado em energia mecânica transmitida para as rodas motrizes.

Existem vários componentes do motor de um carro. Um dos mais importantes é o cárter dentro do qual está o virabrequim, ao qual os cilindros e a tampa dos cilindros são conectados.

Este último engloba todos os componentes mecânicos de distribuição e no interior existem parte dos dutos de admissão e escape abertos e fechados por válvulas de gatilho. Enquanto a parte superior do motor é conectada à inferior por uma corrente, uma correia. Ou uma cascata de engrenagens.

Para o correto funcionamento do motor do carro, fluidos de lubrificação e refrigerantes também são necessários para evitar que o atrito dos componentes. Evitando assim, causar danos irreparáveis e para manter as temperaturas de operação sob controle.

Existem, portanto, dutos que permitem a circulação da água de resfriamento e do cárter. Este que é o componente onde é depositado o óleo que permite lubrificar o eixo, os pistões, as bielas e demais componentes móveis do motor.

Como funciona o motor do carro?

Motor de carro e motor do veículo

A presença de todos esses componentes serve para fazer com que os pistões se movam para cima e para baixo. Acionamento dos pistões dentro dos cilindros, completando as fases de operação do motor.

Nos motores de quatro tempos, os mais comuns do mercado, os gases são aspirados por válvulas especiais e, em seguida, comprimidos depois de fechadas.

Com este procedimento, ocorre a combustão, ou seja, os gases se expandem e geram uma pressão que empurra o pistão para baixo, que atua na biela que por sua vez gira o virabrequim.

Quando o pistão sobe, ele empurra os gases para fora da câmara através das válvulas de exaustão e quando estas fecham novamente, então o ciclo começa novamente com uma nova fase de admissão.

O posicionamento do motor

O motor pode ser disposto longitudinalmente, ou seja, em uma posição perpendicular ao eixo de rotação, ou transversalmente, em uma posição paralela ao eixo de rotação.

Veja também:

Procurando mais dicas e sugestões sobre carros? Então continue acompanhando todas as nossas novidades!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.