Óleo de Motor: Quando e Como Fazer a Troca Correta


A troca correta do óleo de motor é uma das práticas a serem observadas para proteger os componentes essenciais. Vamos descobrir quando e como trocar o óleo de motor do carro!

Realizar a manutenção regular do carro é essencial para garantir a longevidade dos componentes e, assim, desfrutar de um carro que está sempre em perfeito estado de funcionamento. Sendo que, a troca do óleo de motor é uma das práticas a serem observadas para proteger os componentes essenciais. Então, vamos descobrir quando e como trocar o óleo do carro:

Óleo de motor: O que é e para que serve?

Quando falamos em óleo de motor, queremos falar de um elemento fundamental para a lubrificação dos componentes mecânicos do motor. O óleo é composto por uma base de hidrocarbonetos e uma série de aditivos, geralmente presentes, de 10 a 30%, que podem ser minerais, sintéticos ou semissintéticos.

O óleo lubrificante protege as superfícies metálicas da corrosão, mantém limpos os componentes com os quais entra em contato e cria o mínimo possível de resíduos de combustão.

Troca do óleo de motor: Com que frequência fazer isso?

É uma boa prática verificar regularmente o nível de óleo do motor presente para evitar problemas com o motor em caso de presença insuficiente do lubrificante.

Para saber com que frequência trocar o óleo lubrificante, será necessário consultar as informações fornecidas no manual de uso e manutenção do veículo. Geralmente é aconselhável trocar o óleo do carro a cada 15.000 km.

Luz indicadora do óleo do carro: o que significa quando ligada?

Como mencionamos anteriormente, verificar o nível de óleo do motor é essencial para evitar que os componentes mecânicos sejam danificados.

Quando a quantidade de óleo presente for insuficiente, a luz vermelha de advertência de óleo do carro acenderá no painel de instrumentos. Isso indica que será necessário encher ou trocar o óleo do carro o mais rápido possível.

Como trocar o óleo do motor?

revisão do óleo do motor

A troca do óleo lubrificante é uma operação que pode ser realizada de forma independente e, na maioria dos casos, por meio de uma oficina de sua confiança.

Será necessário abrir o capô e retirar a tampa do óleo e a seguir proceder ao levantamento do veículo por meio de um elevador hidráulico. Uma vez concluída esta operação, o parafuso de drenagem do cárter deve ser desparafusado e o lubrificante residual despejado em um recipiente previamente posicionado.

Posteriormente, será necessário substituir o filtro de óleo do motor e instalar um novo. Depois de concluídas essas operações, o parafuso de drenagem pode ser novamente aparafusado e o novo óleo do motor despejado em sua sede, verificando a quantidade introduzida com a vareta.

O óleo coletado no recipiente deve ser encaminhado para um centro de coleta de óleo usado e não deve ser descartado de forma independente.

Troca de óleo de motor a diesel

Se você tiver um carro movido a diesel, a troca de óleo pode ser realizada em intervalos de quilômetros mais longos em comparação com um modelo semelhante a gasolina.

O conselho, como sempre, é verificar as informações fornecidas no manual de uso e manutenção, mas em geral pode-se afirmar que a troca do óleo do motor diesel pode ser feita a cada 25.000 – 30.000 km percorridos.

Troca de óleo do motor a gasolina

Se você tem um carro a gasolina ou Flex é uma boa prática trocar o óleo do motor a cada 15.000 km.

Obviamente tudo também depende do uso do carro e se ele é usado esporadicamente, o conselho é para trocar o óleo do motor anualmente para ter certeza de utilizar um lubrificante renovado.

Qual o custo de uma troca de óleo?

Antes de trocar o óleo do carro é sempre uma boa regra ter em mente os custos a serem enfrentados.

O custo de uma troca de óleo do carro não é excessivo então nosso conselho não é economizar na qualidade do lubrificante.

No mercado existem vários tipos de produtos com uma gama de preços entre R$ 40 e R$ 70. E se recorrer a uma oficina de confiança, além do preço do óleo, terá também de adicionar o da mão-de-obra e o total geral poderá rondar os R$ 300.

Tipos de óleo lubrificante

Existem diferentes tipos de óleo de motor com diferentes graus de viscosidade mostrados na embalagem. Sendo que, após a leitura das especificações indicadas no manual de uso e manutenção, deve-se adquirir o mesmo tipo de óleo fornecido pelo fabricante.

Para não se enganar, deve-se atentar para o número inicial seguido da letra W, que indica a viscosidade fria do óleo, e um número final, que indica a viscosidade quente e, portanto, o máximo de operação temperatura para a qual o tipo de lubrificante pode ser usado.

Filtro de óleo do motor: quando trocar?

O filtro do óleo lubrificante tem uma função fundamental porque, graças à sua composição particular, recolhe as partículas de resíduos geradas durante a combustão.

A finalidade do filtro é manter o lubrificante limpo e sua troca é recomendada a cada troca de óleo do carro. O filtro de óleo pode ser magnético, centrífugo, de sedimentação e mecânico.

Se o carro tiver pelo menos 10 anos, nosso conselho é trocar o filtro a cada 10.000 km. Mas em qualquer caso, é sempre uma boa ideia mandar verificar o filtro de óleo do motor por uma oficina confiável para decidir quando e se substituí-lo.

Quer saber mais sobre revisão e manutenção do seu carro? Continue lendo nossos artigos em: carrosmaismotos.com