Sensor de Estacionamento: Veja Como Funciona Corretamente


Veja o que são os sensores de estacionamento e como funcionam corretamente, desde a instalação até a operação.

Entre as várias opções de acessórios que surgiram no mundo automotivo nos últimos anos, o sensor de estacionamento é um dos mais apreciados pelos motoristas.

O design moderno dos carros, principalmente de veículos volumosos como os SUVs, têm dificultado cada vez mais o cálculo das dimensões do seu veículo na fase de estacionamento. E, muitas vezes, nesta fase, você acaba colidindo acidentalmente com obstáculos ou outros carros estacionados danificando ou arranhando.

Os sensores de estacionamento foram criados justamente para preservar a carroceria nesta fase delicada e se espalharam rapidamente para se tornar uma opção praticamente indispensável.

O que são os Sensores de Estacionamento?

Quando falamos em sensores de estacionamento, queremos dizer de um dispositivo constituído por sensores posicionados nos para-choques dianteiro e traseiro. Que emitem ondas ultrassônicas ao interceptar o obstáculo mais próximo, enviando informações para uma placa eletrônica.

Os sensores de estacionamento ficam escondidos nos para-choques do veículo, de forma a não prejudicar o desenho do carro. E no momento da manobra emitem um sinal acústico que se torna maior ou mais insistente à medida que se aproxima do obstáculo.

Os sensores de estacionamento evoluíram ao longo do tempo para se tornarem um dos sistemas de assistência ao motorista mais avançado.

Como funciona o Sensor de Estacionamento:

sensor de estacionamento

O funcionamento dos sensores de estacionamento não é excessivamente complexo. Os sensores emitem ondas ultrassônicas e as enviam para a unidade de controle. Este, denominado controlador, processa a informação e transmite-a para um alto-falante que emite sons intermitentes com intensidade e frequência variáveis ​​para dar ideia da variabilidade da distância e do contato que se aproxima.

Como alternativa aos avisos acústicos, é possível constatar a presença no painel de instrumentos de LEDs luminosos que se acendem progressivamente à medida que se aproxima do obstáculo. Existem também sensores de estacionamento que combinam os dois sistemas.

Sistema de sensor de estacionamento: Apenas mais um opcional?

O sistema de sensores de estacionamento está agora presente em praticamente todos os tipos de automóveis, dos mais completos aos mais simples, e é oferecido como opcional pelos diversos fabricantes.

Se durante a compra do seu carro decidiu ficar sem este dispositivo e se arrependeu, é possível remediar com várias soluções de pós-venda decididamente funcionais.

Os sensores de estacionamento podem ser colocados mesmo após a compra do carro se este ainda não o tiver? A resposta é sim e as ofertas disponíveis online são numerosas e adequadas a todos os orçamentos.

Montagem correta do sensor de estacionamento

instalação do sensor de estacionamento

Depois de escolher o sistema que melhor se adapta a você, montar os sensores de estacionamento dianteiros e traseiros não será nada complicado.

Em primeiro lugar, deve-se pintar os sensores da mesma cor do para-choque do seu carro para não causar um efeito desagradável no final da operação.

Concluída esta etapa, trace a linha do sensor com um medidor linear tomando a referência de 50 a 70 cm do solo como valor.

Em seguida, fure o para-choque para inserir os sensores de estacionamento. Basta fazer dois furos na parte central e dois em cada lado para um gerenciamento completo dos obstáculos.

Em seguida, localize o cabo que se conecta à luz reversa e insira um cabo no orifício preso à luz. No capô traseiro, identifique um espaço a ser reservado para a unidade de controle e, em seguida, conecte os cabos dos sensores individuais.

Depois de concluído, é hora de instalar o visor do sensor de estacionamento no painel. Passe o cabo da tela sob a pedaleira e remova o painel.

Assim que terminar de instalar os sensores de estacionamento, remonte as várias peças e teste se o sistema do sensor de estacionamento funciona corretamente.

Caso você não possua as ferramentas ou habilidades para realizar o passo a passo acima, então o ideal é levar em uma oficina de instalação de assessórios automotivos e manter a tranquilidade.

Leia também:

Buscando mais dicas sobre acessórios automotivos? Então continue acompanhando nossas novidades!